23 de janeiro de 2009

Socorro!

Começo de ano, casa nova (moramos aqui desde agosto'08), bairro novo, bichos de todos os tipos, besouro, aranha, borboleta, calor, chuva, raio, trovões e mais chuva! Dizem que morar perto da natureza é um privilégio. O ar é puro. Ouvir os passarinhos cantar o dia inteiro é uma bênção (com acento ou sem acento?)... enfim, tudo lindo e maravilhoso, certo? Mas, em época de chuva, minha amiga, é um transtorno. Minha casa é rodeada por árvores e inclusive duas delas estão bem ao lado da varanda. Na quarta-feira da semana passada, um raio atingiu o topo de uma dessas árvores e eu estava com a Malu na varanda, ou seja, a um metro de distância do raio. Nunca tinha visto algo tão horrível de tão perto. Foi um estouro e um clarão que me deixou surda por quinze minutos. Não consegui gritar e nem chorar. Voou pedaços de árvores pelo quintal todo... foi um desastre. Queimou tudo aqui em casa, caiu o lustre de um dos banheiros, fiquei sem telefone e sem sinal da SKY. Um horror!!!! Estamos colocando as coisas em ordem e hoje, finalmente, depois de mais uma vez me estressar com a Telefônica, os técnicos vieram trocar meu 'moden'. Ainda falta arrumar meu telefone sem fio... acho que queimou a base. Quanto prejuízo!!! E, eu que sou (pelo menos era...) totalmente urbana, tendo que passar por todo esse transtorno morando no meio do mato... e, olha que nem é tão mato assim! A rua é asfaltada e iluminada. O bairro fica perto do centro do Embu, mas é um bairro repleto de árvores e minha casa fica bem no alto da montanha (risos e lágrimas).
.
Hoje resolvi verificar o meu estoque de lãs. Descobri que tenho um monte de novelos de 100 g e de 40 g cada um de uma cor... Lamentável! Tenho também alguns pacotes fechados com seis novelos de 100 g cada comprados com a intenção de tricotar blusas pra mim... somente com a intenção... Uma sacola grande com um monte de bolas do fio Bella. Não vejo a hora de dar um fim nesses novelos. Está me faltando inspiração. Terminei uma manta que havia começado mês passado e comecei e já terminei outra manta. Ainda falta terminar duas mantas que estão pela metade, um cachecol que já está no finzinho e um par de meias. Mesmo sem 'aquele ânimo' eu tricoto todos os dias porque não consigo mais assistir TV sem ocupar as mãos.
.
Bom é isso! Se eu sumir de novo, já sabe: ou vai ser por causa da 'natureza (chuva+raio)' ou por completa falta de ânimo mesmo!

11 comentários:

Kety disse...

Credo Márcia q horror, bom quanto ao problema das lãs eu adoraria ter, mas do raio não!!!!
Acho que o jeito é fazer mantas e mais mantas.
Beijinhos, fica com Deus, que Ele te proteja.

Heloisa Ateliê de Artes disse...

Marcia, estou sempre passeando pelo seu blog pois adoro o seu trabalho. Sou apaixonada por trico e de vez em quando arrisco alguma coisa. Infelizmente não tenho muito tempo disponível e nem muita técnica vou seguindo as receitas. Fico muito feliz em ver que não sou só eu que tenho um estoque de lãs, linhas, fitas, tecidos e cerâmicas. Aja lugar prá guardar.
Bjos Heloisa

Andréa Ramos disse...

E eu que não tenho tricotado nada.
Vai nascer meu primeiro sobrinho em fevereiro e eu tricotei apenas um conjuntinho de meinhas e gorrinho.
Estou sem estímulo nenhum.
Qto aos raios,fique longe deles,por favor.
Qto aos inúmeros novelinhos,sabia que um dia desses eu andei pensando em TROQUINHAS DE LÃS.
Isso mesmo,aquelas coisinhas que a gente não sabe o que fazer e que de repente poderia interessar a alguém.
Fiz uma troca sper divertida com uma amiga blogueira do Rio.Ela queria um creme facial que não tinha dado certo pra mim,então trocamos.Como meu creme era caro e eu tinha comprado nos EUA,então ela me mandou um monte de coisa legal.Óleo Natura,sabonete,batom,lápis de sobrancelha,foi bem legal.
Quem sabe a gente não podia lançar essa moda de troquinhas de lã.
Cada uma coloca as fotos daquilo que não tem muito interesse e aí as troquinhas vão acontecendo.De repente o que vc não quer serve pra mim e vice e versa.
Depois me conta o que vc achou.
Beijos

Paty disse...

Querida, como estou com saudades suas... olha, uma arvora da casa da minha mae uma vez caiu na vizinha... vc tem para raio? talvez fosse o caso de instalar... Caiu um raio na casa da minha tia, que mora do lado, e foi um susto! Sei exatamente o que voce esta falando... qto aos fios... veja se pode combinar alguns e fazer algumas pecas pequenas... tambem pode fazer uma mantinha bem colorida para voce colocar nas suas pernas.. (ou faça como eu, doe!)
bjoca

Elena disse...

Ai amiga ,vai ter que se benzer , não podemos ficar sem a sua imaginação ,sem seu modem ,sem sua net, nem sem você !!!Beijus!!

Anônimo disse...

Menina do céu!
Que mundo pequeno esse nosso,heimm?
Meu irmão mora no embu(terra das artes).Precisamente no bairro de santa luzia.
Que susto,que vc tomou!!!
Mas que bom que já passou.
Beijinhos!
Rita Viana
ritaksv@hotmail.com

vicky disse...

Oi Marcia,
Que horror e que susto heim...como a Paty falou melhor instalar um para raio.
Quanto aos novelos o melhor é fazer mantas e gorros e sapatinhos, eu tb não consigo assistir TV sem ocupar as mãos pareco uma formiguinha trabalhadeira.
Beijos
Vicky

disse...

Eita que vaso ruim não quebra rss
Má, que susto, amiga... ainda bem q não aconteceu nada de mais grave e nem com a Malu.

Quanto aos novelos... isso é coisa de tricoteira mesmo, compramos, o projeto mingua e ficamos assim... não sei q sugestão dar, pois estou no mesmo barco...
bjinhos

Denise disse...

Marcia..
Isso já aconteceu em minha casa, há 2 anos atrás e também queimou tudo, inclusive estourando as lâmpadas. A única que se salvou foi a geladeira, não sei porque..o resto, televisões, máquina de lavar, microondas, telefones e modem queimaram na hora. O computador aguentou na hora, mas semanas depois tive que trocar a fonte.
O pior é o trauma...eu já não gostava muito de raios, depois disso tenho verdadeiro pavor.
E se prepare..li uma reportagem que esse ano a temporada de raios vai até abril.
beijos

trichegege disse...

Puxa Marcia essa época é mesmo de assustar quando não é raio é enchente e a gente que tem os nossos mêdos, eu tenho trauma de ventania não me assusto tanto com os raios, mas é claro que nunca vi tão de perto como vc, já o vento levou a minha casa quando eu era criança e me deixou marcas que acredito jamais apagarão, fico imaginando o seu prejuizo se bem que vc pode recorrer na prefeitura eu ouvi outro dia que eles cobrem alguns desses gastos mas preciso me informar melhor, da uma perguntada ai se é que vc já não o fez as vezes vc até pode conseguir o para raio p/não correr tanto risco.Que Deus nos proteja a todos de tudo. Beijos

.•“♥“•.¸ Helena .•“♥“•.¸ disse...

Ola to aki vendo suas postagens
e admirando tudo e li aki seu desabafo ...vixe eu nem te falo
eu moro em um bairro ke qdo ameaça chover a luz cai ...como moro perto de fazendas ai começa os ventos eita ai eu fexo tudo e vou orar norro de medo de chuva com ventos minha ptibul tem mais medo do ke eu esconde debaixo da cama
um dia as telhas do meu terrraço caiu em cima da casa da vizinha ai meu Deus ke horror.. ainda bem ke ninguem machucou ...pois foi o telhado com os caibos e ate a antena paraboica foi pra cima da casa da dona ....o vento parecia ke tava so em cima da minha casa depois ficamos sabendo ke o vento tava mais de 150 km por hora
hoje em dia ficamos lembrando e agradeço a Deus ke nao foi pior