7 de junho de 2012

Declaração de amor...

... ao crochet vintage, retrô, colorido, delicado, reto, redondo, quadrado, hexágono.
... ao talento das artesãs Lucy do blog Attic24, responsável por eu me interessar pelo crochet.
E, hoje, particularmente, completamente apaixonada, encantada e emocionada com o trabalho de Emma Lamb. Clique aqui para acessar o Flickr dela e se tiver tempo veja as fotos do álbum "In my Studio". É de um bom gosto incrível. É de uma sensibilidade notória. É, de fato, um mundo maravilhoso e, por isso, fico cada vez mais apaixonada por este tipo de crochet (se assim posso dizer).
.
Aqui estou eu, neste fim de tarde, com minha velha calça jeans, minha eterna camiseta preta (que virou uniforme), minha blusa de lã, meias e luvas feitas por mim, com a Malu em cima da CPU, nesta salinha que passo uma boa parte do tempo. Aqui estão meus livros (ainda numa enorme caixa, esperando por uma estante), álbuns de fotos, caixa com um monte de recordações, diários, álbuns de papel de carta que eu colecionava. Pois é, aqui estou eu  blogando pela segunda vez no dia...
.
E, agora, exatamente 17:37 viajei por um mundo mágico de cores, de coisas lindas que me fez sonhar sem sair de casa. Fico feliz e emocionada só de pensar que existem em algum lugar desse planeta pessoas que fazem trabalhos tão lindos e tão cheios de amor, inspiradores.
.
Nesse dia chuvoso aproveitei para tricotar muito, cozinhar e até curtir um rock'n roll, afinal de contas, preciso extravasar minhas energias. Fiz até uma sessão de fotos comigo mesma (e, olha que não é falta do que fazer não). São apenas bons momentos que aproveito porque a vida é muito curta. Curta demais para ser disperdiçada.
.
Então, temos que aproveitar a vida vendo coisas lindas, lendo bons livros, vendo boas exposições (recentemente fui ver no MASP a exposição de Modigliani) e bons filmes. Comer coisas deliciosas, ouvir boa música e dançar sempre que possível. Beber um bom vinho. Isso está me lembrando aquela propaganda que 'tal coisa te faz feliz'... é bem por aí. Veja o que te faz feliz e bola pra frente. E, claro fazer crochet, tricot, bordar, costurar, pintar, fazer arte (no bom sentido, tá?!).
.
Bom, pra terminar, uma coisa que eu sempre faço: agradeço.
Fundamental pra mim nessa vida é sempre agradecer.

8 comentários:

Ivani disse...

Oi Márcia, linda postagem, eta inspiração, parabéns.
Outro dia também esbarrei nos trabalhos dela e fiquei completamente sem folego, cor é sempre vida, energia.
Quanto aos livros que Você ainda não tem aonde colocar, que tal fazer uma estante de caixotes de feira pintados? O legal que Você pode fazer sem muito esforço, e dispor dos mesmos como quiser, variando sempre as montagens.
Bjs mil, Ivani!

Elaine Masciarelli disse...

Que lindo Marcia, isso é felicidade e paz não? Realmente temos muito a agradecer.Voce é uma pessoa encantadora,parabens.

Janaina disse...

Adorei o post Márcia!
Bjs!

Marico disse...

Que bom que temos esses artistas talentosos que nos servem de inspiração e incentivo.

Um bom fim de semana!

bjs

Cleo Miras disse...

Lindo texto... percebi que temos muito em comum, principalmente no gosto por esse tipo de croche! parabens por seus trabalhos e maneira de pensar...

Teresa Agrello disse...

Olá Márcia,
Realmente é inspirador o trabalho da Emma... emociona mesmo!
Parabéns pelos seus trabalhos, são lindos!

disse...

Eita Márcia, muito gostoso seu post. Bom fazer aquilo que gosta, não? E muito legal vc ter se achado no crochê:)

bjinhos

Muriel disse...

oh marcia, voce esta tao certa... eu tambem adoro usar cores e creatividade para fazer croche... tantas possibilidades, e tao gostosos de poder dar, feita a mao, para as pessoas que a gente gosta....eu tambem me achei no croche... adorei seu blog.. ate logo amiga