29 de maio de 2006

Chique e casual

(City Cardigan)

São quase dez da noite e eu aqui na net fuçando os sites estrangeiros sobre tricot. Sempre acesso o site www.elann.com que tem cada modelo lindíssimo e dificílimo. Quando vejo os tais modelos descubro que o que sei de tricot não é nada. Fico até deprimida e triste... São trabalhos maravilhosos que fico pensando será que realmente foram feitos por mãos humanas!! Exageros a parte, se eu pudesse teria umas boas aulas com todas a colaboradas do site que faz um trabalho mais lindo que o outro. Sei que faço algumas coisas bonitas e também estou consciente que são trabalhos bem simples mesmo porque sou muito preguiçosa e não tenho muito saco para aprender trabalhos complicados. Por exemplo, o jacquard... é um grande desafio mas requer muita paciência então não sei quando vou criar coragem para aprender. Enfim, tricotar é sempre bom e uma grande realização quando conseguimos terminar um projeto, seja ele simples ou complicado. Na verdade, o importante é gostar de tricotar para que saia trabalhos bem caprichados e com bom acabamento. Não tem coisa melhor quando você faz uma blusa e presenteia alguém e esse alguém não tira a blusa pra nada. O mesmo para um cachecol ou um gorro ou uma bolsa, não é? Portanto, tricoteiras que estão começando ou até mesmo as mais experientes, vamos continuar tricotando muito e produzindo coisas bonitas!!!!

5 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Marcia!
To passando para te dar parabéns por trabalhos lindíssimos. Tenho aprendido muita coisa aqui! Obrigada por compartilhar seus conhecimentos conosco!
Um GRANDE beijo

Sueli

Curitiba/PR

Márcia disse...

Sueli eu fico muito feliz e realizada quando recebo um comentário desse. Afinal de contas o objetivo do Mitricot é esse, compartilhar e na medida do possível passar algum conhecimento mesmo porque eu também estou aprendendo. Eu tricoto pra valer mesmo somente há dois anos... Um beijão e visite sempre!!! :o)

Madeirarte disse...

Márcia,

Deprimida e triste...
Realmente acontece o mesmo comigo fico "viajando" nesse sites estrangeiros, copio as receitas para quem sabe um dia eu fazer. E o pior é que não entendo inglês, nem francês muito menos russo. Me sinto uma analfabeta!!!
Sorte que ainda tem muita gente boa nesse mundo, como a Stella Machado que traduz para o Brasil todo e "de grátis".
Aí vejo que nosso país é tão pobrinho, pois onde o povo brasileiro é criativo, etc e tal...E sai essa revistinhas nas bancas que nem dá coragem de comprar. Ainda bem que existem mulheres como vc e outras tantas que tem esses blogs maravilhosos para quem quiser se atualizar e sair do "ponto meia, ponto trico"!!!!
Ah, e sem falar das lãs que miséria!... Qdo sai num ano uma lã legal no outro está fora de linha.
Bom chega de melancolia, daqui a pouco a gente se abraça pra chorar e isso eu não quero... Alegria!! Afinal o trico nos faz tão bem...
B-jocas no fundo do coração.

Márcia disse...

Juliana, ainda bem que você me entende... pois é... eu sinto isso em relação a lã e revista que vendem aqui... fazer o que né? Amanhã vou ver se minha prof. de tricot me ensina um modelito que tem numa revista japonesa... vamos ver se eu consigo fazer. Beijão! :o)

Anônimo disse...

Oi Marcia, gostaria de saber qual é a receita dessa manta da amiga de Embu, é difícil consegui-la?
Beijos Ana
meu enail: anajeitodefazer@yahoo.com.br