29 de dezembro de 2005

Desculpe, não queria mais comentar, ler, pensar, falar nessas situações tristes que andam acontecendo em nosso país mas não aguento, então comento, leio, penso e falo.
Enquanto os deputados vão receber R$45 mil este mês, uma menina come melão pela 1ª vez em aterro... Matéria que saiu na Folha na última terça-feira: Miséria Coletiva - Crianças e adultos vão a lixão em Ribeirão Preto, no interior de SP, para buscar alimentos jogados por empresa.
Estou chegando a conclusão que ler jornal, assistir jornal está me fazendo mal. O pior é não poder fazer nada. Todo Natal, nós ajudamos uma família carente. Pai e mãe, um monte de filhos e uma das filhas de 16 anos (dezesseis anos!) está grávida de 06 meses (seis meses!). Essa família espera por comida de Natal todo ano. Eles estão trabalhando pela prefeitura de Embu como catadores de coleta seletiva. Andam todos juntos recolhendo plásticos, vidros, roupas velhas, enfim.
......
Abre aspas: Só nos restam as maldições.
(...) Malditos sejais, ladrões, gatunos, pichelingues, unhantes, ratoneiros, trabuqueiros dos dinheiros públicos, dos quais agadanhais, expropriais cerca de 20% de todos os orçamentos, deixando viadutos no ar, pontes no nada, esgotos a céu aberto e crianças mortas de fome, mortas de tudo, enquanto trombeteais programas populistas inócuos(...).
(...) Só nos resta isso: maldizer.
Portanto: que a peste negra vos devore a alma, políticos canalhas, que vossos cabelos com brilhantina vos cubram de uma gosma repulsiva, que vossas gravatas bregas vos enforquem, que os arcanjos de 2006 vos exterminem para sempre!
Feliz ano-novo! Fecha aspas.
Texto de Arnaldo Jabor no Caderno 2.

Um comentário:

Fer disse...

eh realmente MUITO triste.... :-((((
eu tbm prefiro ficar alienada, pois ler e ver as noticias me deixa super deprimida.
beijao, Marcia e muitas felicidades e realizacoes para 2006!