13 de junho de 2007

Uma pausa...


Provavelmente você já trabalhou com esse fio, Rusticolor da Aslan. É um fio todo crespinho e bem fofinho. No começo dá vontade de desistir pois enrosca na agulha. Depois com muita calma e paciência o trabalho flui. O resultado é maravilhoso. Você tem um cachecol bem fofinho. Nem precisa inventar ponto nenhum. Pode ser aquele arroz ou cordões em tricot. Eu fiz com o velho e bom ponto dois juntos e uma laçada. Isso já soa como música, dois juntos e uma laçada.
E essas agulhas grossonas, você já experimentou? A agulha da foto é a número 12. Pesada mas boa para trabalhar. Depois do começo, como já disse, tudo flui maravilhosamente bem.

12 comentários:

Denise disse...

Márcia..
Lembra daquela dor no ombro que te falei ? Descobri o que é..é de trabalhar com esses " troncos", que no meu caso é a 15. Nem preciso ir pra academia.
Beijinhos

Sandra - Tricô e mais Tricô disse...

Marcia linda cor! não conheço ainda a rusticolor.
Beijos

Márcia disse...

Denise, "troncos" foi demais. E eu achava que eram estacas para eliminar vampiros.... Estou rindo até agora.... Beijão, :o)

Rachel disse...

já fiz um cachecol pink com uma lã bem parecida com essa. fica liiindo, mas o começo é bem chato mesmo. a minha agulha de amdeira que usei é tão grossa que não tem nem número, hahahahah. usei ponto trico basicão, pq no fim nem da pra ver direito, fica só o charme da lã. muuuito bacana seu blog. eu que só sabia fazer cachecol tô ficando craque. hoje começo um poncho.

Anônimo disse...

salomé disse...

Màrcia boa tarde!

É a primeira vez que visito o seu blog, e estou maravilhada com seus trabalhos, vou visita-la sempre. Observei que voce usa muito os fios da pingouim, gostaria de perguntar para voce que é bem mais experiente duque eu em tricô, se voce conhece um fio chamado pingouim gitane ele é em bola e crespinha como buclê. Fazem alguns anos que comecei um trabalho com este fio e não consigo encontra-lo mais. Até fico pensando se é mesmo da marca pingouim,devido o tempo que faz qque abandonei este trabalho e agora gostaria de termina-lo.
Te agradeço antecipadamente!
Lindo os gorrinhos do seu blog!

Um abraço carinhoso
salomé - Campina Grande Paraiba

marysal@ibest.com.br

Monica disse...

Márcia, eu também tenhos estacas de madeira nº15 e 20, agora tem as de plástico acho que até a 15 e são bem melhores, mais leves......a minha 12 é de plástico...
bjos

Nilda Biagio disse...

Olá Marcia
Esse cachecol vai ficar lindo!
Que ver depois de pronto,viu?
Bj
Nilda

Anônimo disse...

Márcia, por favor me manda seu email. Sou tricoteira de Curitiba. Adorei suas receitas. Beijos, klaudiakremp@yahoo.com.br

Roberta disse...

Oi Márcia adorei o seu blog seus trabalhos são lindos!!!
Eu que só sei fazer cachecol tirei várias idéias de ptos diferentes... obrigada por compartilhar e explicar tão bem!!!
Bjinhos e tenha um bom restinho de semana!!!

elaine disse...

Oi Marcia!nossa eu nao tenho paciencia pra trabalhar com fio assim,alias eu quase nao tenho paciencia pra nada,nem comigo mesma rsrs...beijos

hanna disse...

olá, meu nome é Marcia.
Gostei muuuiiitttooo do seu blog! Caramba como vc é criativa.
Estou tentando aprender um pou de trico, já sei o ponto meia e o trico, mas não consigo entender o que é ponto e laçada mais ponto e laçada... bom, isso eu descubro depois. Gostei muito de tudo.
Meu email é marcialta@hotmail.com
Bjs,Marcia.

MaFê disse...

Márcia,

no começo a rusticolor é bem chatinha mesmo, porém depois de pronto o trabalho fica maravilhoso.
Fiz um 'xalecol' há uns 3 anos com essa lã, em cordões de tricot que faz muito sucesso até hoje.
Se tiver como, e interessar, posso mandar fotos.

Quanto às dores nos ombros, pulsos e lombares, procurem mexer o corpo todo, praticando alguma atividade física.
Eu pratico Hatha Yoga, que vai além do físico.

Sucesso,
MaFê