27 de janeiro de 2006

Um dia agradável apesar da forte dor de cabeça

Passamos (eu e uma amiga de muitíssimos anos e que eu gosto muitíssimo) um dia muito gostoso. Fomos visitar uma tia minha que mora num sobradinho bem bonitinho, cercado de plantinhas que ela adora cuidar. A visita estava marcada para as 9h mas só conseguimos chegar as 11h30. Conversamos um pouco e depois almoçamos. Que delícia de almoço. Japoneses e descendentes (menos eu) comem muita verdura e legumes. Minha tia fez uma carne de panela bem temperada e um cozido de legumes com shoyu (molho de soja). Para sobremesa doce de abóbora e um cafezinho. Fomos para o quintal porque ela queria me mostrar as tão queridas orquídeas. Conversa vem, conversa vai subimos para o quarto e adivinha? Flores de crochet espalhadas por todo lado. Minha tia faz flores de crochet para uma loja. Uma flor mais linda que a outra. Aliás, ela faz muitos trabalhos lindos. Bordados, crochet, tricot à mão e à máquina, costura. Folheamos muitas revistas que, infelizmente, não se encontra mais, Mon Tricot e Nina. Trouxe algumas para casa para "xerocar" algumas receitas. Minha tia me ensinou o tão famoso ponto segredo. Estou querendo fazer um cachecol em ponto segredo. Imagina que ela fez um poncho no ponto segredo para esta loja. Ela ficou com uma amostra do poncho que ficou muito lindo! Preciso treinar muito ainda, mas chego lá. Minha amiga e eu estamos encantadas com o crochet mas ao mesmo tempo não conseguimos guardar nada na cabeça e muito menos ler os gráficos. Acho que é falta de costume e também porque estamos começando agora. E, eu, que descobri que fazia tricot errado, depois de dois anos fazendo blusas... dependendo do fio que eu trabalhava, o ponto meia ficava torcido e falando com minha atual professora descobri que tricotava o meia errado mas que só ficava visível quando trabalhava com linha ou lã sedificada. Mas, agora, já aprendi o tricot direitinho! Acredita? Bom, para finalizar comemos pão-de-ló mesclado (minha tia misturou um pouco de chocolate com a massa que formou um desenho) com chá verde.

13 comentários:

Fer Guimaraes Rosa disse...

um dia delicioso mesmo! :-)
beijos,

Márcia disse...

Fer, que saudades!! Pensei q vc não me visitava mais! Foi muito agradável mesmo. Minha tia é muito engraçada e tem um superaltoastral!
Beijão!!!!

Adelaide disse...

Márcia, estou me sentindo muito melhor agora... eu também fazia o ponto meia errado e descobri depois de quase um ano, a minha sobrinha é que me ensinou a maneira certa e, lógico, riu pra caramba... mas é que eu aprendi a tricotar quando menina e retornei às agulhas no ano passado. Nem falo quantos anos se passaram, mas foram muuuiiiitooos...
Não importa, como diz o povo: é errando que se aprende.
beijinhos da sua fã
Adelaide

Márcia disse...

Juuuura Adelaide q vc também fazia errado? Pensei q só tinha acontecido comigo. Mas, agora que aprendemos vamos tricotar certo fazendo trabalhos bem bonitos! E, mais uma vez obrigada! Beijão!

sirlene disse...

Marcia,acho que todas as mães ensinavam assim, porque a minha tb.
Acho que tinha uns 7 anos qd comecei, e como todas , depois de uns 15 anos descobri que era o torcido( já faz tempo).O legal é que agora, aos poucos, passo o que aprendo p/ ela.E no croche, o dedo era erguidinho, pra mudar isso...
Beijos

Márcia disse...

Sirlene, o curioso é q nos fios mais grossos o meia ficava direitinho como o da minha bolsa, por exemplo... Porque quando eu fazia o meia torcido no trico eu corrigia e mesmo assim, tava errado. É como se tivesse aprendido o trico na semana passada. Agora, preciso testar os outros pontos com o novo jeito de tricotar. Beijão!

sirlene disse...

Em tempo: bons tempos de montricot e nina!! Tenho várias montricot e poucas nina. Por que será que parou ? E a montricot bebê?
Beijos,
sirlene

Márcia disse...

Ai Sirlene, eu não conheço a MOntricot Bebê, deve ser linda!!! Fico me perguntado por que não levei o tricot a sério quando aprendi? Também só pensava em namorar rsrsrsrs.... Beijão!

Anônimo disse...

Você fotografou as flores??????? quero ver!!!!!!!!!!!
Kátia-SBC

Márcia disse...

Kátia, desculpe... mas não fotografei... Esqueci a câmera em casa... rsrsrs... Vou de novo lá para fotografar mesmo porque preciso devolver as revistas q peguei emprestado... Beijão!

Anônimo disse...

Ola,
estou aqui sozinha nesta manha de domingo,e resolvi entrar na nete,sabe cada dia que passa estou mais apixonada por voçes,como eu queria ter amigos assim e uma tia como a sua,tb ja tive muitas revistas de nina e montricot,n sei onde foi,mais iquais a estas jamais,adorei as coisas que vc escreveu,tenho 51anos sou de BH,SABE GOSTARIA DE ESTAR AI COM VOCES QUEM SABE UM DIA,BEM FICO POR AQUI ADOREI VOCES E VOCE TAMBEM,pelo seu carinho,beijos ......
Zilda Regina

zildapinto@ig.com.br

Márcia disse...

Nossa Zilda, que carinho esse seu comentário. Fiquei muito feliz por vc ter gostado e quero que visite sempre e venha participar dos nossos encontros. Puxa que bacana! Estou até emocionada!!!! Bjs!

lainefavarao@hotmail.com disse...

eu gostaria muito de aprender esse famoso ponto segredo não tem como voce conseguir a receita e a amostra pra mim? obrigada aqui vai meu email lainefavarao@hotmail.com