26 de outubro de 2005

Indignação II

Uns dias atrás toca o telefone, eu atendo: "Alô, sra. Márcia" sim... "Aqui é da Pucc II e estou ligando para pedir que seu pai passe no médico da sua cidade para pedir uma carta informando sobre a pressão alta e autorizando fazer o exame de colonoscopia" hããã? o quê??? por quê?? "Para remarcar o exame, nós precisamos desta carta... e a senhora pode enviar por fax, assim não precisa vir até Campinas para entregar a carta..." (pausa). Aí reclamei, soltei os cachorros, falei um monte de coisas outra vez e, no final anotei o nº do fax. De tão possessa (nossa que palavra estranha) que fiquei acabei esquecendo de providenciar a tal carta...

Ontem, toca o telefone, eu atendo: "Alô, Sra. Márcia?" sim... "Aqui é da Pucc II" sim... "Como a senhora ainda não passou a carta com a autorização do médico do seu pai, da sua cidade, eu conversei com o médido que ele passa aqui em Campinas e ele autorizou seu pai fazer o exame" (respirando fundo) sim... "Eu só consegui agendar para novembro'05... ele precisa vir buscar o preparo e depois outro dia fazer o exame" sim, obrigada.

O curioso é que quando meu pai fez o exame num hospital particular não teve nenhum desses problemas. Chegou no horário marcado, demorou um pouquinho só para ser atendido e pronto. Claro que, tivemos que pagar um absurdo, mas era urgente, fazer o que?

Só ouvindo Nothing, Seek & Destroy, Battery, Fade To Black do Metallica ou Awake, Stand Alone do Godsmack ou ainda Titãs na época do Cabeça Dinossauro para aguentar o tranco.

Um comentário:

rita disse...

VERGONHA !!!! ISSO É UMA
VERGONHA!!!!
BJS